USUÁRIO:      SENHA:        SALVAR LOGIN ?    Adicione o VBWEB na sua lista de favoritos   Fale conosco 

 

  Dicas

  Visual Basic    (Banco de Dados)

Título da Dica:  Viva sem bloquear registros
Postada em 15/9/2003 por Ð@®l@n            
       Num ambiente multi-usuários o programador tem sempre que se preocupar com o problema do uso simultâneo das mesmas informações por vários usuários. O que muitas vêzes se faz é recorrer ao bloqueio de registros, que pode ser feito só no momento da alteração do registro ou tão logo o usuário o acesse para iniciar uma atualização. Se partirmos para a segunda forma de bloqueio, vamos segurar um registro bloqueado por quanto tempo? E se o usuário que o está bloqueando sair para almoçar ou tomar um café? Seja qual for a forma de bloqueio nenhuma delas é boa. O bloqueio otimista, que só se dá no momento da atualização, não nos impede de acessar um registro, exibir suas informações na tela e, baseado nestas informações, realizar uma alteração que pode estar em total discordância com o estado atual do registro no momento em que o atualizamos. Enquanto exibimos os dados, um outro usuário pode acessar o mesmo registro e fazer uma alteração que cria uma condição completamente nova na base de dados. Além de desconhecermos esta alteração (o que poderia nos fazer mudar de idéia a respeito da nossa atualização), também poderemos estar enviando dados antigos para a base de dados e desfazendo o que o outro usuário acabou de fazer. Como então lidar com o problema da concorrência pelas mesmas informações num ambiente multi-usuários?

A solução é usar o conceito de "versão de registro". Uma idéia bem simples e que dá maior liberdade e segurança no acesso às informações. A idéia é ter um identificador de versão para cada registro em cada tabela que será atualizada por múltiplos usuários. A versão pode ser implementada criando-se um campo numérico inteiro no layout  de registro e com valor padrão 0. Toda vez que um registro é acessado para  ser modificado, trazemos com seus dados também o campo que contém a identificação de versão do registro. Após reunirmos os dados para fazer a atualização, criamos uma instrução "UPDATE" da linguagem SQL onde condicionamos na cláusula WHERE que o registro somente será  atualizado se o seu identificador de versão atual for igual àquele que obtivemos no momento que acessamos seus dados. Se esta condição estiver satisfeita, atualizaremos o registro acrescentando 1 ao valor atual do identificador de versão do registro. Exemplo:

"UPDATE Veiculos SET PLACA = 'AAA1234', CHASSI = '1234567890WERTYU', IdentificadorDeVersao = IdentificadorDeVersao + 1 WHERE CodVeiculo = 1000 AND IdentificadorDeVersao = " & lngUltimoIdentificadorDeVersaoObtido

Desta forma, se um outro usuário estiver visualizando o registro e quiser enviar uma atualização, seu identificador de versão não mais será igual àquele que ele recebeu no momento que leu o registro anteriormente. E qualquer tentativa de atualizar o registro não se cumprirá, porque a condição de estar trabalhando com a versão mais atual do registro não será satisfeita na sua instrução "UPDATE".

Neste caso então, o programa deve verificar o número de registros afetados pela operação (neste caso será 0) e buscar na base de dados os valores atuais para os campos do registro. Comparará campo a campo os seus dados com os atuais e mostrará uma mensagem para o usuário informando o que mudou e perguntando se deve continuar. Caso o usuário concorde em atualizar o registro, uma nova tentativa de envio dos  dados será feita, mas só que agora informando o identificador de versão mais atual para não haver novamente o conflito. Caso um outro usuário tenha feito uma nova alteração neste intervalo de tempo, o identificador de versão terá sido modificado e  o conflito se repetirá. O mesmo procedimento será seguido até que as versões de registros confiram ou o usuário cancele a atualização.

fonte: http://www.codelines.com/
 


CyberWEB Network Ltda.    © Copyright 2000-2021   -   Todos os direitos reservados.
Powered by HostingZone - A melhor hospedagem para seu site
Topo da página